Método de rotopercussão (ar comprimido)

A rotopercussão em Portugal é um método usado em formações geológicas duras e compactas.

O método consiste na utilização de ar comprimido que desce pelo interior das varas de perfuração, de modo que o movimento de rotação a que o martelo de fundo (hammer bit) é sujeito, desgaste e perfure as formações geológicas, transformando-as em partículas mais pequenas de modo a que possam ser transportadas até à superfície pelo ar comprimido que circula com velocidade e em sentido ascensional, permitindo assim, uma perfuração isenta de anomalias.

O uso da rotopercussão tem tambem as seguintes notas positivas; evita o desmoronamento das paredes da perfuração, lubrifica e arrefece as ferramentas cortantes.

Circulação inversa

Vantagens

  • Avanços rápidos
  • Baixos custos
  • Avanços elevados
  • Baixo custo de desenvolvimento e limpeza
  • Amostragem com pouco atraso
  • Facilidade em manter a verticalidade dos furos.

Desvantagens

  • Menores diâmetros
  • Custos elevados para alargamentos posteriores
  • Amostragem remexida
  • Difícil controlo nas formações pouco consolidadas.